Felina

Alta 1,70 cabelos castanhos aloirados, olhos castanhos, 38 anos, 62 Kgs, uma felina - Mas Meiga!

01 March 2006

QUERCUS PROMOVE “FUNERAL” DO LITORAL ALENTEJANO

Estes gajos não querem nada……

A associação ambientalista Quercus promoveu, no passado sábado, uma acção de protesto contra os empreendimentos turísticos do Litoral Alentejano, recentemente viabilizados pelo Governo.A região foi «enterrada» no areal da Praia de Melides, rodeada de 121 cruzes que simbolizavam os quilómetros de costa que, segundo a Quercus, poderão ser destruídos com as operações de loteamento da Costa Terra e Herdade do Pinheirinho, que prevêem cerca de 5700 camas. O «caixão» foi transportado por membros da associação que representavam o primeiro-ministro, os ministros do Ambiente e da Economia – que assinaram o despacho conjunto declarando a utilidade pública dos empreendimentos – o presidente da câmara de Grândola e os promotores Pelicano e Costa Terra. «Esta iniciativa é uma forma de mostrar que não desistimos de lutar contra os actos irracionais que estão para aqui previstos», explicou Hélder Spínola.

A utilidade pública atribuída, por despacho do Governo, aos projectos Costa Terra e Herdade do Pinheirinho deu a luz verde esperada há vários anos pelos promotores para que as obras possam começar. Localizados entre Melides e Pinheiro da Cruz, os dois projectos prevêem, numa extensão de três quilómetros e 475 hectares, 410 moradias, três hotéis, uma estalagem e sete aldeamentos/apartamentos. Serão ainda construídos dois campos de golfe, ginásios, zonas comerciais, centro de conferências, centro hípico, campos de ténis, entre outros equipamentos.

5 Comments:

  • At 3:35 PM, Anonymous Anonymous said…

    Essa gente da quercus só quer é confusão e protagonismo. esqueçem dos postos de trabalho que esses empreendimentos nos vão dar e o que é bom para a nossa economia.

     
  • At 4:41 PM, Blogger Alentejano said…

    Vão-se cagar os gajos da quercus...

     
  • At 11:40 PM, Blogger Daniela Mann said…

    Cheguei a este blog pela primeira vez e devo confesar que estou muito interessada em voltar!
    Um abraço,
    Daniela.

     
  • At 11:49 PM, Anonymous canzoada said…

    Conheço pessoalmente um fulano da Quercus que andou por lá nessa luta patética.
    Era um pelintra, nunca gostou de trabalhar, caçava de noite, nas reservas e com furão!
    Agora é da Quercus, passa o tempo a cagar postas de pescada e a vender moral de 3ª categoria.
    Quem não os conheça que os compre!

     
  • At 8:19 PM, Blogger Rui Silva said…

    Até há um que mora na Lagoa de Melides, numa zona que tambem devia ser protegida, mas como é ele a morar lá (e a alugar quartos no verão) não tem grande problema...

     

Post a Comment

<< Home